domingo, 2 de outubro de 2016

Procedimento

Eu gosto de guardar debaixo da minha manga
Pelo menos três sentimentos
Que mantive guardados, pouco alimentados, monstos mal cuidados
Aptos a devorar.
Gosto de estocar lembranças,
Sempre as mais inflamantes possíveis
E falar delas com a banalidade de quem não as viveu.
Por que bem,
Neste jogo não tenho que rebuscar meu vocabulário, meu bem.
Uma a três obsessões por ano,
Uma lixeira de intenções e encantos,
Minha cabeça latejante e impaciente,
Sedente,
Do próximo grande rasgo de amor que vou fazer na minha mente.
(E depois, quem sabe, musicar dessa maneira pobre.)

Um comentário: